Uma manifestação de professores em greve da rede pública chegou até a porta do hotel da seleção brasileira

Uma manifestação de professores em greve da rede pública chegou até a porta do hotel da seleção brasileira se encontrou, na manhã desta segunda-feira (26), próximo ao aeroporto internacional Tom Jobim. Cerca de 200 funcionários protestaram pacificamente contra a realização da Copa do Mundo no Brasil e causaram alvoroço antes e durante a saída da delegação rumo a Teresópolis.